Palestrantes

PALESTRANTES CONFIRMADOS:

-19 de outubro de 2017-

Conferência de abertura

Ladislau Dowbor

ladislaudowborEconomista e professor titular de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi consultor de diversas agências das Nações Unidas, governos e municípios, além de várias organizações do sistema “S”. Autor e co-autor de cerca de 40 livros, toda sua produção intelectual está disponível online na página dowbor.org. Seu livro mais recente é A Era do Capital Improdutivo.

 

David Medina

_dsc0805Graduado em Direito pela Universidade Federal de Pelotas e especializado em Direito Público. Promotor de Justiça no Rio Grande do Sul, onde atuou como Coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal. É professor da Fundação Escola Superior do Ministério Público. Atualmente é Presidente da Fundação Escola Superior do Ministério Público.

             

Painel I: Como lidar com a necessidade de mais água nos próximos anos?

Ricardo Hirata

img_5246Professor Titular do Instituto de Geociências e Vice-Diretor do Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas (CEPAS|USP, diretor na gestão 2010-2014) da Universidade de São Paulo (USP). É graduado em Geologia e desenvolveu o seu doutorado e mestrado na USP e Pós-Doutoramento na Universidade de Waterloo (Canadá). Foi também Professor Visitante das Universidades de Calgary (Canadá) e da Costa Rica. Foi Membro Assessor em Águas Subterrâneas do Banco Mundial (GWMATE) e trabalhou na Organização Panamericana de Saúde, DAEE e Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo. Hirata é consultor da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) e da UNESCO. Com mais de 30 anos de experiência tem trabalhado intensivamente com recursos hídricos e águas subterrâneas no Brasil e em mais de 25 países em pesquisa, assessoria a governos e empresas privadas.  Desde 1984, tem vários trabalhos publicados em hidrogeologia e ambiente, incluindo manuais de referências e livros para a OPAS/OMS, Banco Mundial e UNESCO.

Gustavo Veronesi, SOS Mata Atlântica

_mg_4931Geógrafo, educador e ambientalista, há mais de 15 anos atua em comunidades e em organizações do terceiro setor, sempre desenvolvendo e aplicando práticas de educação ambiental. Coordenou projetos no Instituto de Projetos e Pesquisas Socioambientais – IPESA, desenvolve e atua na formação de professores e educadores sociais para temas ligados à sustentabilidade. Desde de 2003 atua na coordenação de grupos de monitoramento da qualidade da água na bacia hidrográfica do Alto Tietê e atualmente coordena o Projeto Observando os Rios, desenvolvido pela SOS Mata Atlântica.

 

Fernando Spilki

fernando-spilkiGraduado em Medicina Veterinária e Mestrado em Ciências Veterinárias pela UFRGS; Doutorado em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Estadual de Campinas. Professor Titular e Coordenador do Mestrado Acadêmico em Virologia da Universidade Feevale. Bolsista de Produtividade do CNPq – Nível 1D. Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Virologia (SBV). Editor Associado da Área de Virologia Veterinária do Brazilian Journal of Microbiology. Editor da Área de Aquatic Sciences do Brazilian Journal of Biology. Atua em projetos nas áreas de virologia animal, humana e ambiental, com apoio financeiro do CNPq, CAPES, FINEP, FUNASA, Ministério da Saúde, SDECT-RS e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS).

Conferência “Nexo entre água, energia e alimento”

Raul Munoz Castillo, BID

raulEngenheiro Ambiental da Universidade de Granada, na Espanha. Mestre em Administração de Empresas Internacionais pelo Centro de Economia e Estudos Comerciais (CECO), Madri, Espanha. Mais de 13 anos de experiência em gestão ambiental e áreas de segurança, com ampla experiência internacional no setor privado, setor público, organizações multilaterais com um forte foco na segurança da água. Atualmente liderando a Iniciativa de Segurança do WEF na JID, que envolve projetos-piloto de pesquisa e operações de design de infraestrutura na região da América Latina e do Caribe. Doutorando em Ciências Geográficas pela Universidade de Maryland, sobre o WEF Nexus de produção de biocombustíveis no Brasil, que se concentra sobre como a produção de biocombustíveis no Brasil pode desafiar a segurança da água e da comida no Brasil enquanto permitindo alcançar os objetivos de mitigação nacionais e internacionais desse país.

 

Painel II: É possível gerar energia boa e em quantidade suficiente para atender à demanda integral da humanidade?

David Cafruni Ferreira

david-cafruniMestre em Engenharia Ambiental. Pós-graduação (Lato Sensu) em Administração e Planejamento Docente. Graduação em Ciências e Matemática. Professor na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA Gravataí). Leciona nos cursos de graduação em Ciências da Computação, Biologia, Administração e Gestão da Qualidade. Professor orientador de trabalhos de iniciação científica e de pós-graduação na ULBRA. Professor no Curso Técnico em Administração, no Colégio Estadual Rodrigues Alves (Cachoeirinha/RS). Professor na Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Desenvolvimento Econômico (SMTDE). Foi Secretário Municipal de Meio Ambiente de Cachoeirinha/RS nos períodos de2009 a 2012 e no ano de 2016. Coordenou o Programa de Educação Ambiental Esfera Azul da ULBRA (período de 1999 a 2012). Está conselheiro no Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí. Está conselheiro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – COMDEMA Cachoeirinha/RS.Lecionou no curso de Pós-graduação (Lato Sensu) em Licenciamento Ambiental do Centro Sul-Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós-graduação (CENSUPEG).

Luiz Correa Noronha, BRDE 

Jonas Cardona Venturini, CRA-RS

 

– 20 de outubro de 2017 – 

Painel III: Como alimentar tanta gente ocupando um único Planeta?

Caroline Vaz

carolinevazPromotora de Justiça do Estado do RS, Coordenadora do Centro de Apoio de Defesa do Consumidor e da Ordem Econômica- CAOCON, Professora de Direito Civil na PUC/RS, dos Cursos Preparatórios da FMP (Fundação Escola Superior do Ministério Público) e Professora Convidada do Curso de pós-graduação em Direito do Consumidor da UFRGS. Mestre em Direito pela PUCRS e Doutora em Direito pela Universidade de Zaragoza, Espanha. Autora dos livros Funções da Responsabilidade Civil e Direito do Consumidor à Segurança Alimentar e Responsabilidade Civil.

 

IRGA

 

Painel IV: Causas, efeitos e como enfrentar o crescimento populacional?

Gabriel Wedy

gabriel-wedyJuiz Federal. Doutor e Mestre em Direito. Visiting Scholar pela Columbia Law School- EUA. Estágio Doutoral no Sabin Center for Climate Change Law da Columbia Law School- EUA. Pesquisador Bolsista Capes- Cnpq. Professor e Coordenador da disciplina de Direito Ambiental na Esmafe[Escola Superior da Magistratura Federal]. Diretor do Instituto O Direito por um Planeta Verde – IDPV. Foi Presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil [Ajufe], biênio 2010-2012. Presidente da Associação dos Juízes Federais do Estado do Rio Grande do Sul [Ajufergs- Esmafe], biênio 2008-2010.

 

 Rafael Sittoni Goelzer 

foto-rafael-aciviSócio e Diretor de Relacionamento com o Mercado da Quinta da Estância, é graduado em Administração com Ênfase em Marketing pela ESPM de Porto Alegre/RS. Possui pós graduação em Meio Ambiente e Sustentabilidade pela CESUCA, MBA em Gestão Sustentável pela Fundação Getúlio Vargas. É membro da Rede Brasileira do Pacto Global da ONU, Presidente do Comitê de Sustentabilidade da Câmara Americana do Comércio/RS, Diretor Regional da Federação de Entidades Empresariais do Estado do Rio Grande do Sul. Também é membro do Núcleo Estadual dos ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, Conselheiro Estadual de Turismo (representando ABRATURR – RS – Associação Brasileira de Turismo Rural sucursal Rio Grande do Sul), Conselheiro Fiscal da ABRATURR-RS, coordenador da Câmara Temática de Promoção, Apoio a Comercialização e Segmentação Turística da Secretaria de Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, membro da Câmara Temática de Turismo Rural da Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio Grande do Sul e diretor da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Viamão

Rualdo Menegat

menegatProfessor Associado do Instituto de Geociências da UFRGS, geólogo, Mestre em Geociências (UFRGS), Doutor em Ciências na área de Ecologia de Paisagem (UFRGS), Doutor Honoris Causa (UAB, Peru). Professor Unesco e coordenador acadêmico da Cátedra de Desenvolvimento Sustentável Unesco-Unitwin /Rede FLACAM, assessor científico da National Geographic Brasil. Membro do Grupo Episteme do Instituto Latino-Americano de Estudos Avançados da UFRGS, membro honorário do Fórum Nacional dos Cursos de Geologia. Membro da International Commission on History of Geological Sciences of the International Union of Geological Sciences e presidente da Seção Brasileira da International Association for Geoethics.

 

Painel V: Existe relação entre ecologia e espiritualidade?

Marta Neves,

Teresa Cristina Bernardes de Carvalho

tereza-cristinaPedagoga com pós-graduação em Planejamento Ambiental – UFF e Gestão para Educação Ambiental – UERJ. Especialização na área de resíduos sólidos. Trabalhou na Secretaria Municipal de Meio Ambiente em Niterói de 1998 a 2008 – Área de Fiscalização, Educação Ambiental. Esteve na Coordenação Geral em Niterói do Evento Internacional ”Clean up the world” no Brasil Dia Mundial de Limpeza de Rio e Praias; e na Coordenação do Evento “Primavera Semeando Virtudes e Colhendo Paz” – pelo dia Internacional da Paz das Nações Unidas. Membro do Movimento Interreligioso – MIR e da Rede Paz Niterói representando a Brahma Kumaris. Aluna de Aprofundamento e Professora de Meditação Raja Yoga na Brahma Kumaris há 16 anos.

Ane Saraiva

ane-saraiva-photojunho-1Profundamente ligada à espiritualidade e praticante do Budismo Vajrayana há 7 anos. Participou de diversos retiros e viveu no Templo Budista Chadgud Gonpa Khadro Ling no ano de 2015, onde teve a oportunidade de conviver com Lamas de diversos países e aprofundar seus estudos sobre Budismo e sua prática meditativa. Após experimentar os benefícios da meditação, decidiu disseminar esta bem-aventurança nos grandes centros urbanos e encontrou no Mindfulness a maneira de fazê-lo. Participou da formação de instrutores de Minfdulness em 2016 no Mindfulness Trainings International em São Paulo e desde agosto do ano passado desenvolve atividades em Porto Alegre através da Sati Consciência Plena.

Conferência: ““O nexo água, energia e alimentos na perspectiva da sustentabilidade”

Leandro L. Giatti, Faculdade de Saúde Pública – Universidade de São Paulo

img_20171003_081855290Professor Associado no Departamento de Saúde Ambiental da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Sao Judas Tadeu (1996), mestrado e doutorado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, área de concentração Saúde Ambiental (2000 e 2004). Pesquisador CNPq nível 2, bolsa de produtividade em pesquisa. Orientador permanente no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública/FSP-USP. Orientador permanente e membro da comissão de coordenação do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Ambiente, Saúde e Sustentabilidade/FSP-USP. Editor executivo da revista Ambiente & Sociedade. Atua na coordenação de sub-projeto de pesquisa junto ao INCLINE – INterdisciplinary CLimate INvEstigation Center. É Presidente da Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade de Saúde Pública – USP. Pesquisador colaborador no grupo de pesquisa Meio Ambiente e Sociedade do Instituto de Estudos Avançados/IEA-USP e no Centro de Estudos de Governança Socioambiental – IEE/USP. Foi pesquisador visitante no Instituto Leônidas e Maria Deane – Fiocruz/Amazônia entre 2005 e 2009. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: indicadores de sustentabilidade ambiental e de saúde, saneamento, ciência pós-normal, promoção da saúde e governança socioambiental e em saúde.